quarta-feira, 23 de abril de 2008

mais açúcar!

conversa vai e vem com Marizé e descobrimos que ambas queríamos postar o Palm Sugar, mas a ela faltava tempo para elaborar o post e eu não disponha nem de foto, nem tinha onde encontrar o açúcar...juntamos A+B e agora temos este post explicativo. Mais um post para o evento da Cris e para conhecer outros açúcares visite a Pipoka, a Fabrícia e a Bia.

o açúcar de hoje é o Palm Sugar, açúcar de palma, um açúcar extraído da seiva de palmeiras é utilizado nas cozinhas asiáticas, como Tailândia, Camboja, Indonésia, Malásia, Sri Lanka e Vietnã. Por ser um produto predominantemente artesanal há variações de cor e textura.

A seiva, um líquido turvo, é recolhida e cozida em enormes woks até estar pegajoso, como um xarope bem concentrado. Por não ser altamente processado como açúcar mascavo, a cor, consistência, sabor e nível de doçura pode variar de lote para lote, mesmo dentro da mesma marca. A cor pode ser tão leve quanto creme/bege e tão intensa como um caramelo marrom escuro, e a consistência macia e pegajosa, ou um bloco rígido, dependendo de quanto tempo a seiva foi reduzida.
Hoje também pode provir de coqueiros e assim receber o nome de “coconut sugar”, há pouca diferença entre esses açúcares e raramente é discriminada a origem. O açúcar de palma geralmente tem uma cor mais escura, um aroma mais defumado e sabor mais complexo do que o açúcar de coco, embora eventualmente receba aditivos para clarear a cor.

Para facilitar o uso, procure as versões macias, mas caso não encontre derreta o pedaço do bloco que for utilizar no microondas com um pouco de água ou ainda envolva-o por plástico e quebre com um martelo de cozinha. Não é necessário mantê-los refrigerado, mas sim longe de luz, num local fresco.***mais uma contribuição da Marizé: ela não derrete o açúcar, apenas raspa com uma faca e fica assim como está na foto. Usa também para caramelizae legumes e carne.***

Apesar de serem utilizados principalmente para fazer doces e sobremesas, a sua cremosa, caramelo doçura-como também melhora o sabor dos curries e ricos molhos para pratos salgados.

Para saber mais do processo de fabricação, utilizações e curiosidades visitem esses links:
-Asian Food
-Thai Food and Travel
-Wikipédia

Espero que tenha sido útil e muito obrigada Marizé pela contribuição!

21 comentários:

Marizé disse...

Laila o post ficou o máximo, você fez um excelente trabalho o texto está muito completo.

Eu não derreto o açucar, apenas raspo com uma faca e fica assim como está na foto.
Uso também para caramelizae legumes e carne.

Beijocas

Marizé disse...

Ok, vamos tentar outra vez: CA-RA-ME-LI-ZAR.
Ufa! Agora é que foi

pipoka disse...

Trabalho de grupo é uma coisa bem bonita. Vcs as duas estão de parabéns!

bjs

cozinha da drica disse...

Laila , esbanjou conhecimento e cultura!!! Adoro aprender as coisas com você!! Bjks

Nysa disse...

obrigada pelo post lindo... existe aqui, mas nunca lhe tinha dado muita atencao. agora já sei mais sobre esse acucar. beijocas

Laurinha disse...

Que bacana!!! Não conhecia...já tinha ouvido falar, mas nunca tinha visto...
Obrigada meninas, vocês são demais!
Beijinhos,

Nereime disse...

Ai ...menina é por isso que gosto de passar por aqui...estou sempre aprendendo!!!
bjoks

chrises disse...

ufff...
agora nem vou mais escrever o que eu ia dizer aqui, né! Acho que em 1:15 tá tudo dito! (risos!!!!0

Bjinhos!!!

Fabrícia disse...

Que chique...fotos da Marizé e texto da Laila...eita duplinha supimpa. Adorei conhecer esse açúcar e tb fiquei tentada a provar.
Bjs.

Gourmandise disse...

Será q estraga fácil? Eu tenho um pacote no armário há uns 6 meses...ops! Mas agora já sei como usar - graças ao manual de mil e uma utilidades da Laila e Marizé!
bjo,
Nina.

Otavia Paiva Sommavilla disse...

Oi Laila!
Adorei o post... Estou pesuisando ingredientes mais naturais que possam ser usados em bolos e doces. Por acaso vc sabe onde vende em Sp? E , já te alugando, vc já ouviu algo sobre o índice glicêmico dele? Li que alguns açúcares mais "integrais" e de outras plantas que não acana tem um metabolismo melhor e mais rápido pelo organismo, sendo mais saudáveis,e mais "lights"...
Beijinhos
Otavia

Cláudia disse...

Parabéns às duas, ótimo post. Não conhecia ainda este tipo de açúcar.
E a dupla dinâmica trabalhou muito bem!

bjokas

Receitas da Filipa disse...

Parabéns às duas por este post, formaram uma bela dupla!
Adorei ficar a conhecer mais sobre este açúcar e as dicas são mesmo muito úteis.

beijinhos

Ana disse...

Coisas lindas fizeram essa coisa linda de post.
Parabéns para as duas, obrigada.
Nunca vi, não comi, nem ouvi falar...(parafraseando Zeca Pagodinho).

Nani disse...

Parabéns pelo trabalho, eu não conhecia esse açúcar, bjs :)

Fabi disse...

Uau! Não conhecia! Fiquei morrendo de vontade de provar! Obrigada às duas pelas informações. Beijos!

iliane disse...

querida..que show de explicação..numca antes havia visto falar dese açucar!!!amei entender do assunto..obrigado..bjus

Cris disse...

Laila, eu não conhecia!!! Que maravilha, estamos aprendendo tanto sobre açúcar... e eu fiquei com vontade de comer rapadura... hummmm

Mel L. Ramos Bryar disse...

Útil até demais!!! cd dia aprendo mais com esta série...e concordo com a cris...deu vontade de rapadura o estilo parece!!!bjs

Goreti disse...

Já tinha ouvido falar, agora acabei de ser apresentada e em grande estilo, palmas pra laila e marizé...ótimo post...informação nunca falta no espaço dessas meninas.

Beijos!!1

Bia Belliard disse...

Adorei o post ! Conheço este açucar, vejo aqui para vender, mas nunca usei. Deu vontade de testar ! beijinhos