segunda-feira, 11 de junho de 2007

sabor de infância

hoje tava precisando de um gostinho de aconchego, sabe aqueles que confortam a alma e te alegram instantaneamente... ah sem dúvida pudim é uma dessas comidinhas do bem, lembra família no almoço de domingo, lembra doce de vó, remete a tanta coisa boa, que uma vez ou outra sempre faço.

esse jeitinho de fazer foi uma amiga que me ensinou a alguns anos, quando ainda estávamos no ginásio, sem mais delongas, apresento o

Pudim de pão da Bah
para 6 formigonas


1 1/2 pão francês amanhecido

500 ml de leite integral

3 ovos

3/4 xíc de açúcar

essência de baunilha

1/2 xíc de açúcar para a calda

doce de leite para "recargo"(como uma boa filha de argentina)

Numa forma para pudim coloque o açúcar e deixe caramelizar sob fogo baixo.Num liquidificador, coloque os pães com o leite, ovos, açúcar e a baunilha, bata bem.Despeje o líquido na forma caramelizada, e asse em banho maria por 1 hora, eu sempre faço o banho maria na panela(coloco uns 2 dedinhos de água numa caçarola que encaixe certinho a forma, coloco a tampa da panela, mas tem que tomar dois cuidados a água não deverá enconstar no fundo da forma e cuidado pois ela seca e você, assim como eu, poderá esquecer de completar a água, queimando todo o fundo da panela).

Estará cozido quando todas as laterais estiverem firmes e somente o meio estiver um tanto úmido. Espere esfriar e coloque então na geladeira, depois de bem frio, coloque a forma sobre uma boca de fogão com o fogo baixinho, só para derreter o caramelo e soltar o pudim, vire num prato e volte à geladeira até o meomento de servir.

Farte-se com um generoso pedaço e uma colherada de doce de leite, é de comer rezando, levinho, derrete na boca e melhor ainda, o trabalho é quase zero!

10 comentários:

Verena disse...

Laila, que perigo, menina!!!! Com doce de leite em cima, ai,ai,ai...! Linda foto!
Beijos!

www.mangiachetegabene.wordpress.com

Irina disse...

Laila, você nem imagina o quanto eu gosto de pudim... e este tem um aspecto tentador... :P
Amei!!!+
Bjinhos ;)

Cláudia A. disse...

Laila, você está passando dos limites (risos). Este pudim é uma tentação daquelas.

Manú disse...

Laila!!!
Meu prato branco é igual ao seu!!! (Vê só nas minhas receitas salgadas)!!!!!
Hehehe... primeira pessoa que encontro com esses pratos, que foram presente!
Eu quebrei quase todos os meus de sobremesa, sabe onde eu encontro mais???
Bjo!!!

laila disse...

Verena: é perigoso mesmo, ainda mais quando voce abre a geladeira e dá aquela olhadinha...dá vontade de pegar uma colherada "escondida"!

Irina: somos duas, então, é um dos meus doces preferidos!

Claudia:ahhah estou na fase dos doces, um perigo!

Manú: haha que coisa, também nunca tinha visto ninguem com eles, então na verdade esses pratos são o da casa da praia, mas um veio pra cá...minha mãe que comprou e não temos os de sobremesa, mas acredito que ela tenha comprado na camicado!

bjos

fezoca disse...

Laila, eu nao sabia que o dulce de letche era uma invencao argentina. Meu marido que me contou, ele leu na embalagem do Häagen-Dazs! :-)

Esse pudim, esse doce...ohhohhhhooo... tambem quero conforto! :-) beijao,

laila disse...

Fer: então outro dia o caderno Paladar do jornal Estadão, foi inteirinho dedicado ao dulce de leche, existe briga sobre quem inventou, a disputa está entre Argentina, Brasil e Uruguai. O caderno era muito interessante mostrava as diferenças entre uns e outros, várias receitas de doce de leite, uma tentação!
ahah pra ter esse conforto é facinho facinho! pena que voce mora longe e não pode vir fisgar um pedacinho. bjão!

Cinara disse...

Que lindo pudim, Laila! Parece super levinho mesmo... Não sobrou um pedacinho para mim?? :oD Beijinhos!

laila disse...

cinara tem um pedação, pq só eu estou comendo! bjos

bia disse...

este pudim de pao me faz lembrar da minha infancia, tinha sempre la em casa, este seu esta de dar agua na boca com doce de leite entao !!!! bjs