domingo, 10 de junho de 2007

domingo no fogão

hoje ao acordar tive uma surpresa linda, uma bela garoupa e um charmoso polvo me aguardavam, presentinho sem o "menor" interesse do meu padrasto(fofo que acordou cedo e foi ao Ceagesp), que aliás incentiva sempre minhas viajadas gastronômicas...

inicialmente ia simplesmente assar o peixão com uns talhos na carne, que costumo encher de ervas e fatias de limão, eis que lembrei-me que há tempos quero experimentar a cocção de peixes em sal grosso.

a receitinha tirei do livro Itália de Jamie, é fácil, rápida, versátil, mas confesso que tive medo na hora de servir, achei que sairia salgada, por sorte me enganei e o que obtive foi um peixe tenro, suculento e bem úmido. adorei essa técnica e com certeza, repetirei.
enquanto o peixe descansava um pouco com as ervas, cozinhei o polvo do jeito que o Jamie mostra, para posteriormente fazer um risoto que adoramos aqui em casa. Fiz uma saladinha de lentilhas vermelhas com rúcula, farofinha de bananas fritas e arrozinho branco para acompanhar o peixe, a irmã vegetariana estava cá conosco e tive de providenciar uns ramequins de brócolis e queijo, para a sobremesa tivemos figos com cardamomo, horas deliciosas na cozinha, fotos e receitas para vários posts e muita comilança! isso que é domingo!

Pesce intero al forno in crosta de sale
para 6 famintos

2 Kg de peixe descamados e limpos(Jamie sugeri atum, robalo, linguado, sardinhas e eu fiz com garoupa)
alguns ramos de ervas frescas(manjericão, salsa e dill, não usei o dill)
1 limão siciliano fatiado
3 kg de sal marinho grosso
1 ovo batido(não usei)
1 punhado de erva doce(usei lemon&pepper)
raspas de 1 laranja(usei raspas de grapefruit)
raspas de 1 limão siciliano
azeite de oliva

pré aqueça o forno a 220ºC. Depois de limpar o peixe, recheie a cavidade com a mistura de ervas (grosseiramente picados) e as fatias do limão.
Misture o sal com o ovo, as sementes de erva doce e as raspas. Dê umas espirradas de água e esmague a mistura para que ela pareça areia molhada.

Espalhe cerca de 1 cm de sal na assadeira, fazendo uma pequena cama para cada peixe. Acomode aí cada peixe, após esfregar sua pele com azeite. Despeje o restante do sal por cima, dando pequenas batidinhas com a mão. Não é necessário cobrir a cabeça nem o rabo.

Asse o peixe em forno pré aquecido por 20-40 minutos. Mas considere que o tempo de cocção dependerá da espessura do sal, do seu forno e do tamanho do peixe(o meu demorou 50 minutos). Para saber se está cozido, introduza um garfo na parte mais grossa do peixe, segurei-o ali por 10 segundos, depois retire rapidamente e encoste em seu lábio, caso os dentes do garfo estejam mornos o peixe estará pronto, se estiver na dúvida retire parte do sal e veja se a carne se desprende da espinha.

Sirva-o na mesa, quebrando a crosta de sal diante de seus convidados(eu preferi não fazê-lo pois sou um tanto desastrada!).

6 comentários:

Cláudia disse...

Laila, muito legal esse peixe. Eu já vi uma receita semelhante na Revista Cláudia, mas nunca fiz, fiquei receosa que ficasse um pouco salgada, mesmo formando a crosta de sal. Ficou lindo!
bjs
=^.^=

Neda disse...

Olá Laila! Sempre preparo picanha assim, fica uma delícia. Nunca testei com peixe por que um casal amigo disse que o cheiro que fica depois é muito forte e como moro em apartamento nunca quis arriscar, o cheiro de peixe é tão pestilento assim, ou não.
Bjs

Cláudia A. disse...

Eu também preparo picanha desta maneira. Gostei de saber que com peixe também cai bem. Agora conte o que você fez com o polvo. Beijo.

laila disse...

claudia: tinha o memso medo, mas não fica não! só tem que tomar cuidado na hora de tirá-lo da crosta pq se a carne encontas no sal, ai será igualzinho a bacalhau sem demolhar.

neda: olha não sei s foi porque aromatizei o sal com bastante limão, mas o cheiro que exalou foi fraquinho e nem um pouco desagradável, vale a pena fazer!

claudia a.:não sabia que picanha se adequava a essa técnica só tinha visto com peixes...assim que finalizar o prato do polvo te conto, agora ele está quietinho no congelador!

bjos

flavia disse...

oi laila- parabéns pelo delicioso blog. vc é tão nova e tão prendada. tá que nem o jamie olivier. fiquei sabendo que neste livro dele tem tbe uma receita de torta de figo que é simplesmente o máximo, vc já fez? quando puder post ai pra gente... bjocas

laila disse...

Flavia: obrigada pelos elogios, que graça! ai menina essa torta parece ser um arraso, mas ainda não tive oportunidade de fazer, mas estou ensaiando pra faze-la, quem sabe nesse fim de semana! bjos