quarta-feira, 9 de julho de 2008

eu escolho o dulce e você?


hoje o monstrinho do doce me "picou", mas como a gripe chegou antes não havia ânimo algum para cozinhar, resolvi xeretar a geladeira e encontrei 2 doces pastosos...2 doces de leite...mas tão diferentes.

Foi ai que lembrei de uma matéria que li no jornal o Estado de S. Paulo(para conferir clique AQUI), há um bom tempo atrás. Naquela ocasião eles mostraram as diferenças entre os doces argentino, brasileiro e uruguaio.

Como alguns já sabem sou filha de uma argentina, cresci entre empanadas e bastante dulce de leche, e particularmente aprecio mais o doce dos argentinos(o da direita na foto). Ele é mais encorpado, sedoso e tem mais personalidade, além de ganhar o charme da baunilha que os argentinos colocam.

Os mineiros fazem um doce mais suave, branquinho e molinho(o da esquerda na foto), comumente ganha ameixas secas, pedaços de chocolate.

Escolher qual seu preferido não é tão dfícil, basta provar...e isso todo mundo gosta!! as difrenças se dão por vários motivos, o leite argentino provém de uma raça bovina européia que gera um leite gordo, eles colocam mais açúcar do que aqui e outros segredinhos. Há defensores para todos os tipos...eu confesso que no Brasil quando não tenho um doce de leite argentino cozinho 1 latinha de leite condensado e pronto...pelo menos sei que não tem glicose, amido e otras cositas más...assim como os argentinos sou apaixonada por este doce tão simples e encantador! e você qual perfere?

18 comentários:

Marina's Kitchen disse...

Nossa! é a primeira vez que entro no seu blog e já estou encantada! Esse debate do doce de leite é o meu preferido!! Eu sou viciada no doce desde pequena e como sou gaúcha, era mais fácil achar no mercado os argentinos e uruguaios do que os mineiros! Eu particularmente prefiro os Argentinos e os uruguaios e entre esses dois fica dificil escolher. O Lapataya e o Conaprole sempre foram os meus preferidos e que eu saiba um é argentino e o outro uruguaio. Nessa briga, eles estão empatados!
Beijos e parabéns pelo Blog!

Carmencita disse...

Prefiro os dois bem cheios(rs)Adoro doce de leite,de preferência de comer de colher. Por coincidência estarei postando essa semana uma sobremesa que vai doce de leite,passa lá.Bjss

Mari Rezende disse...

Não conhecia esse doce argentino... Mas, como boa filha de mineira, fico com o doce branquinho e fino mesmo, hehehehe...
Beijinhos!

Filipa disse...

Eu não sei qual deles iria preferir, só mesmo provando para saber mas assim a julgar pelo aspecto acho que ia preferir o mais escuro e incorporado.

As melhoras para a gripe.

beijinhos

Júlia disse...

Laila,aqui em canarias talvez pela "pequena" quantidade de argentinos e uruguaios que existe e a falta de cultura de doce de leite por parte do españois,encontro com mais facilidade os doces argentinos.Mas sao caríssimos e o ultimo que comprei nao me agradou muito.Acho que foi má sorte mesmo.Já nao esquento a cabeça e faço como vce ,se nao acho o que gosto ,vou pra panela de pressao com meu leite condensado e tudo resolvido!!
Mas qdo eu era pequena,me lembro que no sul,havia umas pequenas bolsinhas com um doce de leite chamado "MuMu" eu amava,e comia muuuiittoooo!!!!;)

uai sô! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
uai sô! disse...

Oi Laila. Como sou mineira eu defendo o nosso docinho leve. Mas eu nunca provei o argentino que deve ser muito bom também. Com um queijinho mineiro então, deve ficar maravilhoso.
abração

Manu disse...

Lailinha,
Não conhecia o argentinoooo!!!
Como assim, vai baunilha???
Puuutz preciso experimentar!!!

=)))

Beijoquinhassss

Que pratinho simpatico de vovoo!!!!!

Lina , Pedro e Hugo Jehle disse...

Já peguei algumas receitas suas, todas deram certo !! O biscoitinho em formato de florzinha deu um trabalho danado !! kakakakaka
Daí vc pergunta sobre doce de leite...
rsrsrs
Muié, sou nascida em Uruguaiana/RS !! Minha infância tem o sabor do doce leite argentino, do marrom glacê (c/ chocolate) e de afajores !! Moro no sul de Minas e garanto: o doce de leite argentino é maravilhoso !! O de Minas é muito bom, ... só q o argentinho é sublime !!

Beijim pra ti !!

Lina

Rose disse...

Laila querida, não conheço o argentino...o mineiro já comprei e é muito bom, já o da latinha de leite condensado é o que mais uso, pela praticidade.
Agora sou fá mesmo é do doce de leite talhadinho, cheio de gruminhos e com aquela caldinha...
Ah, vc atiçou meu desejo por doces, menina!
Beijos.

Donna Dani disse...

L A I L A essa é a minha perdição!!!
Só que ando muito decepcionada com esses doces de leite do mercado, mercadinhos e de todos esses lugares que você chega para comprar, acredita que deve ser bom, abre e cai de boca com toda vontade se daí vem à decepção. Aguado, açucarado, terrível!!!
Os mineiros são muito bons quando se compra na fonte lá em Minas, mas o doce de leite argentino tem fama boa e são bons mesmo!!! Pude provar quando um amigo veio da casa da mãe que tbm mora lá, agora esta na Espanha que tem os Torrones!!! Nham nhammm outra maravilha!!
Bjks

ĵåииå jōåиïņhå disse...

fico com o dulce...

nhammm nhammm :)

Silvia Arruda disse...

Eu não posso falar, já que não provei ainda o doce argentino...

Vc não me manda essa colherzinha por e-mail para eu provar e dar minha sugestão?? heheheheh

Lílian disse...

Eu voto no argentino !!! : )

Gourmandise disse...

Hum....acho que gosto dos dois. Cada um tem o seu espaço e hora certa. No alfajor, o argentino, naquele restaurante na beira da estrada mineira, o brasileiro.
Lembro que eu comia uma grande colher de sopa de doce de leite mumu e nata (GORDA!!!!).
bjo,
Nina.

Marcia disse...

O dulce de leche argentino eu nunca provei... Conheço o dulce de leche uruguaio, e ele dá de 10 a 0 no nosso doce de leite. Adorei o post! Bjks

Cláudia disse...

Já provei doces mineiros maravilhosos e também alguns que estavam horríveis. Nunca experimentei os argentinos nem uruguaios, mas prefiro os menos doces. Acho que o mineiro branquinho e suave, deve ser mais para o meu paladar.

Cris disse...

Laila, o argentino só provei mesmo em deliciosos alfajores... e sou maluca por doce de leite, pois na minha terra era o que mais tinha. Nossa me lembro de assaltar a geladeira de minha mãe quando criança e pegar de colherzinha escondido... ela fazia de tigela sempre... Bjs!