terça-feira, 29 de maio de 2007

entre recuerdos y recetas














e no meio de mais bagunça e tralha da Abu, achei o livro da Doña Petrona, a Ofélia da Argentina...
é uma jóia rara...uma das primeiras edições(não posso dizer ao certo qual porque não tem mais as primeiras páginas), era da minha bisavó, e hoje a Mamina teria uns 120 anos...
o pobrezinho tá acabado...entre tantas folhadas, mudanças e gerações hoje ele precisa internar-se na UTI...e acho que vou levá-lo a uma restauradora que conheço pra cuidar dele...
adoro as imagens, figuras pintadas com cuidado e muita imaginação, as cores clarinhas delicadas...tudo azulzinho, rosinha, amarelinho, verdinho... as páginas são grossas, exalam cheiro de biblioteca municipal, amarronzadas pelas bordas e clareiam no centro. e folheando ao a caso, descobri uma receita que tenho que fazer, que não encontrar grapefruit nos supermercados de aqui... então quando chegar a são paulo farei rapidito rapidito...e olha que nem gosto muito de camarão:

Pomelos con camarones y palta
(grapefruit com camarões e abacate)
fonte: El arte de Doña Petrona

cortar pomelos na metade, pelo diâmetro, separar a polpa sem a partinha branca e cortá-la em dados. cortar em cubos um abacate e limpar os camarões.

rechear as cascas com os cubos de abacate e pomelos, no centro colocar camarões já temperados com condimeto francês(qual deles será?) ou com whisky e um pouco de açúcar.

fiquei tentadíssima! será que fica bom??????

4 comentários:

Cláudia A. disse...

Laila, isso é uma preciosodade. Não hesite em levá-lo à restauradora. Achei demais.

Neda disse...

Laila, descobri seu blog por meio do Bolo Fofo. Foi uma viagem no tempo, quando ia passar as férias na casa da minha abu em Mendoza. Quando você falou da Pasta Frola, pronto! Sabor de férias, minha avó sempre usava doce caseiro de damasco. Hummmmmmm
O pochero para mim é sinonimo de Confort Food. Sua avó faz humita? Na casa da minha mãe há duas edições do Doña Petrona, uma deve ser mais ou menos da época do seu exemplar, a outra é do início dos anos 1970, quando era criança sonhava com os bolos confeitados que via nas fotografias.
Voltarei mais vezes por aqui, foi um prazer enorme.

laila disse...

cláudia: commmm toda certeza, vale cada centavo, e olha que devem ser muitos...ahhaha, bjos!

neda: morro de vontade de conhecer mendoza...minha família é porteña então fico só na capital mesmo, mas imagino que deve ser lindo por demais mendoza!
pasta frola de damasco, pra mim é novidade, conhecia de goiabada ou doce de leite, ambas deliciosas mas a versão da tua abuelita deve ser única! humita raramente...ela faz mais empanadas de carne mesmo, o que já é uma delícia, mas sempre que vou a argentina peço, porque sou louca por milho e a humita é fora de sério...já viu umas latas de milho branco tipo um creme, ai resultam numas tortas bárbaras, pena que não se ache por aqui...também sou fã dos bolos, acho que vou comprar uma edição atual, porque tem coisa que nem se usa mais...adorei trocar figurinhas de los hermanos con usted! besitos!

fezoca disse...

ai, que coisa mais linda isso! tesouro!! beijao, Laila! :-)