domingo, 17 de junho de 2007

pra ficar calminha, calminha!

sempre amei capim santo, mas limitáva-me aos cházinhos ao anoitecer.
uma temporada depois de trabalhar no restaurante Capim Santo, aqui em São Paulo, passei a utilizar suas folhas e raízes pra aromatizar diversas preparações, e foi isso que eu fiz com o couscous marroquino...

couscous marroquino com capim santo e legumes
acompanhamento para 5 pessoas


2 xíc de chá de água
1 xíc de couscous marroquino(sêmola de trigo)
6 folhas de capim santo(há controvérsias se é ou não o mesmo que erva cidreira, se não for me desculpem!)
2 dentes de alho, inteiros e com casca
1 cebola pequena, cortada em 4
azeite de oliva
sal
1 xícara de legumes crus e picados(utilizei cenoura e abobrinha italiana)


Colocar numa panela a água, o capim santo, os alhos e a cebola e ferva em fogo baixo por 10 minutos. Desligue e tampe, para ficar forte a infusão. Espere uns 15 minutinhos.

Enquanto isso, corte seus legumes em cubinhos.

Retire os aromatizantes da infusão, separe 1 xícara da infusão e volte a aquecê-la. Assim que levantar fervura, desligue e verta o couscous na panela, tampe e espere 5 minutinhos para hidratar. Mexa com um garfo para separar os grãozinhos. Coloque os legumes cortados na panela e cozinhe por mais 3 minutos, se necessário coloque um pouquinho mais de infusão(eu coloque mais 2 colh de sopa).

Regue com um bom azeite de oliva e sirva quentinho, ou mesmo como uma saladinha fresca.

Trata-se de um versátil acompanhamento, têm personalidade mas é discreto, bom companheiro para todas as ocasiões! É só incrementar com nozes para uma prato mais "classudo".

13 comentários:

valentina disse...

Que delícia de couscous Laila.gostei bastante. vou dar uma notada para te copiar também.

Joaninha disse...

Laila, achei a sua receita muito original! Bjs

Elvira disse...

Que couscous óptimo! :-)

Manú disse...

Oi!!!
Esse Capim Santo não é o da Morena Leite? Eu li sobre ela há muito tempo, mas parece que ela começou bem novinha também, né?
Lindo o prato!
Uma beijoca,
Manú.

fezoca disse...

nossa, que ideia genial! adorei! :-) beijao, Laila,

laila disse...

Valentina: faça sim, e espero que goste!

Joaninha: obrigada!

Elvira: é bom por ser facinho!

Manú: é sim o Capim da Morena, ela começou com uns 18 anos no restaurante da mãe e acabou assumindo o comando das panelas, hoje a morena deve ter uns 25.

Fer: que bom que gostou, fico feliz!

bjos

Cláudia A. disse...

Laila, com perdão da expressão: isso é o ó do borogodó. Amei de paixão. Beijo.

Agdah disse...

Mas venha cá, capim santo e erva cidreira são a mesma coisa? Lá em casa a cidreira é diferente do capim santo que é diferente do capim-limão.

laila disse...

cláudia: fico feliz que tenha gostado!

Agdá: fui buscar resposta pra sua questão e pelo que eu apurei exite uma grande dúvida, há lugares que dizem ser a mesma coisa, como aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Capim-lim%C3%A3o

e há lugares que dizem ser plantas diferentes como aqui: http://www.plantaservas.hpg.ig.com.br/arquivos/ervas/Erva-cidreira.htm

por via das dúvidas vou arrumar no post. Obrigada por levantar essa questão! bjos

Elaine disse...

Laila, concordo com a Cláudia... Essa receita é o ó do borogodó ((risos))

Amei, super original e fácil de preparar.

Abraço!

laila disse...

elaine: quando li a claudia dizendo o do borogodó, achei que era péssima, na hora eu pensei putz que mals, mas ai vi que era com outro sentido foi um alívio só! que bom que gostaste! bjos

A simplicista... disse...

Laila, adorei! Faz tempo que quero experimentar o capim santo em pratos, mas não sabia por onde começar.
beijo

laila disse...

que bom que gostaste...faça tbm um molhinho com leite de coco capim santo, pimenta dedo de moça um pouquinho, e coloque sobre o peixe, fica maravilhoso!