quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Rei Verde II

adoro os desafios propostos pela Valentina, sempre fico matutando o que fazer, mas dessa vez foi o acaso que trouxe a ideia, estava comprando uns produtos naturebas, quando avistei um pacotinho de farinha de centeio, a luzinha acendou e blummm: Pão de abacate com centeio.

Hoje inspiradíssima(leia-se explodindo de felicidade, pq consegui arrumar a câmera), fui a tarde pra cozinha, desprovida de receitas, hiper confiante de que me pão fosse dar certo, afinal prestava tanta atenção às aulas de panificação que alguma coisa tinha que ter aprendido. Ansiosa aguardei o pão crescer em dois estágio, aguarde assar bem, mas não resisti e roubei um quentinho, tirei uma lasca de manteiga e deliciei, na beira do fogão.

Ficou bem fofinho, só não criou crostinha como eu queria, a receita é tamanho família, o sabor do abacate é perceptível, mas nada escandaloso, elegante emprega sua cor saudável e o perfume, ah esse sim denuncia a base do pão, o coadjuvante garante a textura delicada e alivia a consciencia, você está comendo pão, mas é de centeio!

Então vamos ao dito cujo:
Pão de abacate com centeio
10 filhotinhos de 65 grs + 1 mãe de 500 grs

300 grs de polpa de abacate(usei um pequeninho e dei essa quantia)
suco de 1 limão(usei do caipira)
350 grs de farinha de trigo
170 grs de farinha de centeio, fina
40 grs de açúcar mascavo
10 grs de sal
10 grs de fermento biológico instantâneo
2 colh de sopa de azeite de oliva
raspinhas de limão(coloquei de 1 inteiro e achei forte, colocaria um pouco menos na próxima vez)
70 ml de água
farinha de centeio para trabalhar a massa, coisa pouca, 1 punhadinho.
Amasse a polpa de abacate e misture ao suco de limão, reserve.
Peneire junto todos os secos, se estiver empolgadíssima repita o peneirar por mais 1 ou 2 vezes.
Faça uma cavidade central ao monte de secos e coloque o azeite e a polpa de abacate(se quiser trabalhe com o gancho de pão da batedeira). Mexa bem para incorporar a polpa aos secos.
Agora aos poucos coloque a água e continue trabalhando a massa, que ficará um pouco grudenta, mas conforme for sovando ela vai melhorar.


Trabalhe por uns 5 minutinhos a massa numa superficie enfarinhada com centeio. Faça uma bola com a massa e unte-a com azeite, isso evitará a formação de crostas na sua linda massa.


Cubra-a com um pano, e coloque no forno, na parte inferior do forno coloque uma assadeira com água quente, isso ajudará a crescer. Depois de 1 hora, ela estará inchadona, levinha, levinha.
Agora divida a massa para moldar os pães, eu fiz 10 bolinhas e coloque em assadeiras de muffins untadas e um grandão, também posto numa assadeira untada. Borrife água sobre a massa, pouquinha, e deixe crescer novamente, até dobrar de tamanho.

Aqueça o forno a 290º por 10 minutos, enquanto o forno atinge a temperatura faça cortes com uma
faca de leve sobre a superficie, jogue um pouquinho de farinha e leve a assar. Os meus petiticos demoraram 25 minutos pra assar e o grande 30.

Omiti o fato de ser feito com abacate(o povo aqui não curte muito) e eles acreditaram sre só de centeio com limão, comeram um montão, ou ver como o pão se comporta amanhã, se ficar duro ou algo assim eu aviso! bjos

17 comentários:

Cinara disse...

Laila, você está ficando muito sofisticada, amiga!! Eu admiro essa criatividade toda na cozinha, porque eu mesma só me atrevo a fazer algumas alterações nas receitas, e nada além disso... E adorei os "filhotinhos"! ;o) Beijão!

bia disse...

mas que criatividade ! Adorei !!! bjs

Natércia disse...

Menina onde que voc� tem andado obrigada do fundo do cora�o pela sua vizita e coment�rio,e pela sua cozinha adorei, vou voltar sempre pois.um grande beijinho.Nat�rcia...

Sara disse...

Muito creativo sim sra!Gostei do seu blog.Um bjo.

Laurinha disse...

Olha lá a alquimista de novo! Vc é demais, adorei! Já anotei! Para assar vc tb deixou a assadeira com água no assoalho?
Beijinhos,

laila disse...

Cinara: acho q isso é modestia sua, se vc for pra cozinha sem receita fará maravilhas, tenho certeza disso!mas mesmo assim, obrigada!

Bia: que bom que gostou eu to de olho no seu pão de uvas, assim que encontrar as danadas bem bonitinhas farei!

Natércia: fiquei até encabulada, que isso? fofissima vc!

Sara: seja bem vinda!

Laurinha: não precisa da asadeira com água na hora de assar, é só pra umidecer o forno e criar uma especie de estufa pro pão crescer.Alquimista é otima, não pude deixar de lembrar "os alquimistas estão chegando, estão chegando os alquimistas"

bjos queridas!

Patricia Scarpin disse...

Laila, você é uma alquimista da cozinha!
Nunca vi pão de abacate, amiga!

Marizé disse...

Parabens pela creatividae. Assim sim uma verdadeira Chef, parabens. Beijocas e bom fim de semana

fezoca disse...

Laila, essa foi a invencao do seculo! :-))
um beijoo,

Marcel Miwa & Nina Moori disse...

Xiii! Mais uma receita na lista de pratos a testar....Vai bastante abacate na receita, deve ficar com uma textura boa.
bjo, Nina.

Geórgia disse...

Adorei a receita, vou fazer para as crianças, pois eles não curtem muito abacate, mas adora pão caseiro. Bjs.

valentina disse...

Jurava ter deixado um comentário aqui quando vim publicá-la no Colher. Esta receita é muito show laila.este teu brilhantismo..me encanta..e fascina.

laila disse...

Pat: eu já tinha visto, mas era daqueles pães com leite, sabe, tipo ´pão de forma...

Marizé: ii chef só se for da minha cozinha...mais nada...

Fer: ahaaha premio nobel da gastronomia?? ahahahah

Nina: a textura fica mto interessante, levinho e macio!

Georgia:vai enganar as crianças...cpoisa de mãe mesmo! eheheh bom eu enganei meus avós...não posso falar nada!

Vale: brilhantismo? tá doida mulher? que isso... uma bobagenzinha...

bjos!

Sonia Novaes disse...

Sempre fui apaixonadíssima por abacate...rsss...
Quando eu era pequena,gostav de brincar com meus irmãos debaixo de um enorme abacateiro que tínhamos no fundo do quintal.Foi lá que aprendi a pegar os abacates maduros que caiam no chão...abrí-los e comer com açúcar e limão...ah!que delícia que era.
Mas confesso à vc que já vi fazer muitas coisas com abacate,até sabão,mas pão?Fiquei curiosa,vou tentar fazê-lo...obrigada por partilhar a receita conosco.
Bjs

Eliana Scaramal disse...

Menina que diferente!! É isso que encanta na idéia da Valentina, adorei!

Verena disse...

Laila,
faz um tempinho que não venho te visitar, shame on me! Amei esta receita, diferente e muito criativa! Chef Laila é isso aí!
Outro dia estava falando com minha mãe sobre a possibilidade de fazer um curso de panificação com o Olivier ou outro padeiro famoso...ela disse que no final das contas eu vou mesmo é virar padeira!!! rsrsrs!
O gosto ficou doce?
Beijos e ótima semana!

www.mangiachetefabene.wordpress.com

PS: adorei o layout, é novo? Essa plaquinha pendurada na porta é um charme!

Cris disse...

Laila, que encanto, arrasou com esta receita!