domingo, 21 de dezembro de 2008

o pavê de 60 anos.


há 60 anos, toda sexta feira minha avó se reunia com mais 4 amigas. Cada uma dava 05 centavos de peso argentino, e iam as 5 meninas para casa da minha bisa fazer o pavê.

"roubavam" um pouco de vinho moscatel, dos tonéis que meu tiavô mandava de sua fazenda, e então embebiam bolacha por bolacha, empilhavam com cuidado intercalando chocolate, sobre tudo uma nuvem de claras, delicadamente doce com o crock-crock das nozes...

de tanto ela contar e recontar a historia implorei pra ela fazer o bendito doce; ela ligou para uma de suas amigas, então Negrita(como carinhosamente é chamada a branquinha Dn. Maria) lhe ajudou a relembrar aquelas prazerosas tardes.

Pavê de Chocolate


300 g de biscoitos champagne
250 ml de leite integral(ou mais se precisar)
100 ml de vinho moscatel(ou algum licor se preferir)

300 g de chocolate meio amargo
200 g de creme de leite

100 grs de nozes quebradas(opcional)

3 claras de ovos
6 colh de sopa de açúcar

Derreta o chocolate em banho maria, cuidando para não respingar água, junte então aos poucos o creme de leite e reserve.

Misture o leite com o vinho, e vá molhando bolacha por bolacha, vá arrumando-as num refratário. Quando formar uma camada com 1/3 da quantia de bolachas, passe 1/3 do creme de chocolate, salpique nozes e volte a cobrir com uma camada de bolachas em bebidas. Outra camada de cremede chocolate, nozes, bolacha, creme de chocolate.

Bata as claras em neve, em pico mole, e já agregando o açúcar aos poucos. Quando estiver brilhante pare de bater e cubra o pavê. Decore com nozes.

leve para gelar por algumas horas, cerca de 4 ou quanto puder aguentar.

essa receitinha simples mas cheia de historia agrada, e muito, 3 gerações da família!
bjs

21 comentários:

Silvinha disse...

que historia meiga, Laila! E adorei o pavê!

Beijo!

Karla Maria disse...

Laila,
o sabor do pavê deve ser maravilhoso, mas a história que o acompanha é impagável.
Linda!
Beijos desejando um Natal maravilhoso pra vc e sua família.

Gourmandise disse...

Isto sim é que é degustar memórias!
bjos

EU MULHER disse...

Meu Deus!!! Que delícia!!! Acho que vou já fazer.hehehehehe

Linda, pergunte a sua vó se ela tem receita das medialunas da Argentina? Eu sou louca por medialunas....


Um beijão para vc e para sua vozinha.

marcia.s.araujo disse...

NOSSA ERA UMA DESSAS RECEITAS QUE ESTAVA PRECISANDO!! PARA APRESENTAR NA CEIA ALGO SIMPLES DIFERENTE E DELICIOSO!! PARABÈNS AH UM NATAL COM MUITAS DOCURAS PRA VC

Tânia Saj disse...

Laila...resgatar essas receitas é mais do que refazer um prato, um doce...
É reviver uma época, com todo seu glamour!
Naquele tempo, com tão poucas opções, imagine o sabor que elas sentiam?
Bjs

Lina Jehle disse...

Adoro a sua avó !!! rsrsrsrsrsr

se vc soubesse como seus biscoitinhos de lavanda fizeram sucesso ?!?!!?

Vamos experimentar a receita da vó, ok ?!?! E a sua vó comeu o amor em pedaços ?!??! rsrsrsr

bjão

Silvia Arruda disse...

Adorei a história... adorei a receita! :)

menoscaloriasmaisvida disse...

Laila,
Vim aqui deixar-te o meu desejo de um Natal muito feliz e um ano novo cheio de paz, amor, prosperidade, saúde e muitos sonhos realizados. Tudo de bom para ti e para a tua família.
Beijinhos.
Susana.

Clau disse...

Laila

Boas festas, e muitas realizações em 2009!


Ai ai que delícia de pavê, ainda mais receitinha da vovó!

Beijos

Clau

Graciele Amâncio disse...

delicioso....
Passei p te desejar um natal cheio de amor paz e alegria, e um novo ano cheio de realizaçoes

um abraço

Ziza disse...

Receita de vó é tiro certo!
Grande abraço e feliz Natal!

Bia Belliard disse...

Querida, adorei a receita com historinha ! Vim aqui correndo te desejar um Lindo Natal e um maravilhoso 2009 ! bjocas

edinha disse...

E só pode continuar a agradar as próximas gerações porque deve ser uma delícia :)
Beijinho

Vivian disse...

O MELHOR SABOR DESSE PAVÊ É CONHECER A HISTÓRIA POR TRÁS DA RECEITA.

FELIZ NATAL

BJKS

Flavinha disse...

Que linda história! E deve ser mesmo uma delícia!

Lailinha, desejo a você um feliz Natal, muito abençoado como você certamente merece!

Beijocas

winnie disse...

Meu Deus! Que história linda! Que sobremesa maravilhosa.

Otavia Paiva Sommavilla disse...

hummmmmmm.... Que delícia!! Guarde bem este tesouro!

beijos
Otavia

lunalestrie disse...

Adoro pavê! Tem gosto de infância... :D

Valentina disse...

Confesso ter inveja de uma relação de troca assim. Não tenho amigos perto da minha casa que curtam fazer as mesmas coisas que eu. sempre cozinho sozinha.tive isto muito na cozinha da casa da minha mae, com ela. amei esta história.

Laurinha disse...

Papás com boas lembranças são mais gostosos ainda!!!

Delícia!!

Beijinhos